Candidatos

Se está interessado em candidatar-se ao Mestrado em Multimédia, encontra informação útil na secção de P&R abaixo.

Informação sobre o curso

Quais os temas abordados em cada especialização, e como estão organizadas?
  • Cultura e Artes: Capacidade de compreender as articulações dos media contemporâneos, das tecnologias da informação e do design para a produção cultural e artística, reconhecendo espaços de oportunidade para o desenvolvimento de novas práticas, metodologias ou media.
  • Educação: Capacidade para a compreensão das tecnologias da informação e do design para a produção de materiais multimédia para aplicação em contextos educativos e na utilização de meios avançados de comunicação para a dinamização de comunidades de aprendizagem.
  • Música Interativa e Design de Som: Capacidade de desenvolver trabalho avançado na área de sistemas musicais interactivos, incluindo desenho, criação, e operação destes sistemas em vários contextos de aplicação, incluindo (mas não limitado a) jogos, instalações interativas, e outras aplicações. Capacidade de desenvolver trabalho avançado na área de design de som para cinema, ou outros suportes audiovisuais, e jogos digitais.
  • Tecnologias: Capacidade de projetar e implementar sistemas e aplicações multimédia e de inovar na conceção de novos produtos com base em tecnologias emergentes.
  • Para mais detalhes sobre unidades curriculares específicas por especialização, por favor aceda às páginas das especializações.

Como estão organizados os semestres?
  • Os primeiro e segundo semestres têm cinco unidades curriculares cada, algumas comuns a todas as especializações, outras especifícas de cada especialização e outras de escolha individual.
  • No terceiro semestre os estudantes escolhem duas unidades curriculares, em simultâneo com a Dissertação (que é anual e se desenvolve nos terceiro e quatro semestres).
  • O quarto semestre é dedicado inteiramente à Dissertação que é submetida em junho e defendida em julho.
  • Para detalhes sobre as unidades curriculares de cada especialização, por favor aceda às páginas das especializações.

Qual é o horário semanal? As aulas funcionam em regime laboral ou pós-laboral?
  • Total de cinco aulas (unidades curriculares) por semana nos primeiros dois semestres, duas aulas no terceiro semestre.
  • Cada aula tem a duração de três horas.
  • As aulas são distribuidas geralmente por terça, quinta e sexta feiras, em intervalos de três horas a começar às 10:00, 14:00 e 17:00 (a distribuição depende da escolha da especialização e escolha individual das unidades curriculares).
  • Para mais detalhes sobre o plano de estudo e unidades curriculares específicas por especialização, por favor aceda às páginas das especializações.

Posso ver exemplos de Teses/Dissertações?
  • As teses finalizadas podem ser vistas aqui. (algumas concluidas recentemente podem ainda não estar disponíveis)

Informação para candidaturas

Quem pode candidatar-se?
  • Detentores de Licenciatura (nacional ou estrangeira), ou detentores de currículo profissional, académico ou científico, reconhecido pela Comissão Científica como tendo capacidade para frequentar o curso.

Como posso candidatar-me?
  • A informação geral de candidaturas para 2os. ciclos encontra-se aqui.
  • Quando o processo de candidaturas se encontra aberto, toda a informação pode ser vista aqui, incluindo a documentação necessária, prazos, vagas e o link para a submissão da candidatura.

Qual a documentação necessária para me candidatar?
  • Documento de identificação (Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte) (obrigatório);
  • Certidão de conclusão de um curso superior (obrigatório);
    • Na 2.ª fase e fases seguintes de candidaturas, caso já tenha concluído o curso mas não tenha ainda a respetiva certidão de conclusão, deve apresentar declaração indicando data de conclusão e média final previsível, ficando a sua matrícula condicionada à apresentação da respetiva certidão nas datas publicadas;
    • Para habilitações obtidas no estrangeiro ver nota (1);
  • Certidão de unidades curriculares do estabelecimento do ensino superior em que obteve aprovação com indicação do regime (semestral ou anual) e nº de UC/ECTS. Caso não obtenha a certidão contendo todos estes elementos, deverá acrescentar lista discriminativa das unidades curriculares realizadas, com a informação em falta (obrigatório);
    • A matrícula ficará condicionada à apresentação da respetiva certidão nas datas publicadas;
    • Estudantes UP, poderão digitalizar e anexar informação do percurso académico;
    • Para habilitações obtidas no estrangeiro ver nota (1);
  • Curriculum vitae (Obrigatório);
  • Cartas de recomendação (opcional);
  • Fotografia (“tipo passe”, a cores, de preferência com fundo neutro; 200 pixeis de altura por 140 pixeis de largura; Formato JPG; Qualidade média ou superior no algoritmo de compressão do JPG) (opcional).
  • Proposta de Dissertação/Tema de investigação (obrigatório)
    • O estudante deverá propor um ou mais tópicos de investigação para desenvolver a sua dissertação.
    • Deve ser apresentada de forma sucinta (máx. 5 páginas) e incluir a motivação, conjunto de objetivos e uma breve descrição sobre de que forma o estudante pretende desenvolve-la e quais as competências que já possui e pretende vir a adquirir no âmbito deste curso de mestrado.
    • Mais informação sobre a estruturação da proposta deve ser consultada aqui.
  • Carta de Motivação (obrigatório)
    • PDF (máx. 1 página) indicando a motivação para a candidatura ao MM, e as expectativas relativamente ao curso.
  • Portfolio (obrigatório)
    • Portfolio de trabalhos realizados em ambiente profissional, académico ou pessoal
  • Outra documentação
    • Em cada fase deve ser consultada a página de candidatura ( aqui ), que pode indicar alguma documentação adicional.

(1) Notas para candidatos provenientes do ensino superior estrangeiro:
Os documentos deverão ser autenticados pelos serviços consulares ou embaixadas de Portugal com sede no país a que a habilitação diz respeito, ou pelos serviços consulares ou embaixadas em Portugal dos países estrangeiros a que a habilitação diz respeito, ou com Apostilha de Haia, para os países que aderiram à Convenção de Haia. O mesmo deve acontecer relativamente às traduções, obrigatórias, de documentos cuja língua original não seja a portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.


Qual o valor das propinas?
  • O valor das propinas pode variar anualmente. Para o corrente ano letivo de 2015/2016 pode encontrar a informação aqui.

Quem posso contactar para mais informação?
  • Consulte a página de contactos. Para questões genéricas o secretariado é geralmente o melhor ponto de partida.