Estudante da FEUP quer museus mais acessíveis para pessoas com deficiência visual

Roberto Vaz, finalista do Programa Doutoral em Media Digitais da #FEUP, venceu o “International Award for Excellence for The Inclusive Museum Research Network” 2020 pelo seu artigo sobre a falta de acessibilidade a museus para pessoas cegas e com baixa visão.

A sua investigação vai ser posta em prática na exposição “Mistérios da Arte de Curar: Uma experiência multissensorial por 5000 anos de história” no Museu da Farmácia do Porto, já no próximo dia 5 de abril. 🏺🏛️👏 #proud2beFEUP

Posted in Notícias.